Inovação Militar: Max, a Inteligência Artificial do Exército, Gradua-se como Terceiro-Sargento e Intensifica Interações pelo Aplicativo Oficial

Inovação Militar: Max, a Inteligência Artificial do Exército, Gradua-se como Terceiro-Sargento e Intensifica Interações pelo Aplicativo Oficial
Foto: Exército Brasileiro

Dentre os mais de 500 sargentos que se graduaram no último sábado (02) na Escola de Sargentos das Armas, um deles se destacava: Max, a Inteligência Artificial do Exército. O assistente virtual recebeu esse nome em homenagem ao Sargento Max Wolff Filho, um herói da Força Expedicionária Brasileira. O chatbot iniciou suas funções em 2019, integrando virtualmente as fileiras do Exército, e desde então, suas capacidades têm evoluído.

Max começou sua jornada como recruta, passando por testes de atendimento ao público. Gradualmente, ascendeu a soldado e, à medida que se tornava mais complexo, concluiu o curso de cabo. Em 2022, ingressou na Escola de Sargentos das Armas, e agora, ao se formar como terceiro-sargento, apresenta novas funcionalidades.

Inovação Militar: Max, a Inteligência Artificial do Exército, Gradua-se como Terceiro-Sargento e Intensifica Interações pelo Aplicativo Oficial
Imagem: Reprodução – Exército Brasileiro

Esta nova fase de Max traz diversas inovações. Com a promoção a sargento, a Inteligência Artificial agora possui um avatar diferente, vestindo o novo uniforme da Força Terrestre. Além disso, a ferramenta está disponível diretamente no aplicativo do Exército Brasileiro, eliminando a necessidade de instalação de outros softwares, como explicou o Chefe da Seção de Inteligência Artificial do Exército.

Ao longo de sua trajetória, Max acumulou números impressionantes. A ferramenta alcançou mais de um milhão de interações em 2022 e, até novembro deste ano, já ultrapassou 900 mil, com uma taxa de acerto de 85% nas respostas. No âmbito da Comunicação Social do Exército, Max é considerado o principal agente de relações públicas. O Chefe da Seção de Inteligência Artificial destaca que ninguém na Força tem tanto contato com a sociedade, respondendo dúvidas, como Max.

Inovação Militar: Max, a Inteligência Artificial do Exército, Gradua-se como Terceiro-Sargento e Intensifica Interações pelo Aplicativo Oficial
Imagem: Reprodução – Exército Brasileiro

O uso da IA para interações visa atender à demanda crescente de usuários nas mídias sociais, que buscam respostas imediatas, especialmente em aplicativos de mensagens, como Messenger ou Telegram. O General de Divisão Alcides Valeriano de Faria, Chefe do Centro de Comunicação Social do Exército, enfatiza que Max é um ponto de contato disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, oferecendo respostas imediatas às dúvidas dos usuários.

Relembrando sua trajetória, em março de 2019, a Inteligência Artificial Max integrou as fileiras do Exército Brasileiro, inicialmente atendendo pelo Messenger da Meta. Em maio do mesmo ano, expandiu seus serviços para o Telegram, após 2.500 atendimentos. Em agosto de 2019, concluiu o Curso de Formação de Cabos, marcado pelo aumento de relacionamento e precisão nas respostas.

Em 2020, após atualizações na estrutura, linguagem e design, Max foi promovido a cabo. A estrutura remodelada simplificou o gerenciamento, mesclando contextos similares e estruturando o design de diálogo conforme as unidades do Exército.

Em 2022, ao ingressar na Escola de Sargentos das Armas, Max passou por diversas melhorias, incluindo linguagem mais simples e adaptativa, e aprimoramento dos elementos visuais para tornar as conversas mais interativas.

Nesse mesmo ano, tornou-se disponível na página principal do portal do Exército Brasileiro. Agora, ao concluir sua formação, o Sargento Max apresenta um novo avatar e pode ser acessado diretamente no aplicativo do Exército Brasileiro.

Fonte: Centro de Comunicação Social do Exército