Dia do Exército Brasileiro

Dia do exército brasileiro

O Dia do Exército Brasileiro é uma data comemorativa que ocorre anualmente em 19 de abril. Essa data homenageia a força e a presença do exército nacional brasileiro como entidade de proteção do território e da nação brasileira.

Por que o Dia do Exército Brasileiro é celebrado em 19 de abril?

O Dia do Exército Brasileiro é celebrado em 19 de abril em memória da Batalha dos Guararapes, que aconteceu nessa mesma data, em 1648, no estado de Pernambuco. Essa foi a primeira de duas batalhas decisivas para expulsar os holandeses que ocupavam o Nordeste brasileiro desde 1630.

A Batalha dos Guararapes foi considerada o marco inicial do exército brasileiro, pois reuniu pela primeira vez as três raças formadoras do povo brasileiro: índios, brancos e negros. Eles lutaram juntos sob o comando de Francisco Barreto de Menezes contra as tropas holandesas lideradas pelo conde Maurício de Nassau.

A vitória dos brasileiros na Batalha dos Guararapes foi um símbolo da resistência e da identidade nacional, que se consolidaria mais tarde com a independência do Brasil.

Qual é a história e a importância do Exército Brasileiro?

O Exército Brasileiro é uma das três forças armadas do Brasil, junto com a Marinha e a Aeronáutica. Ele é responsável pela defesa da soberania nacional, pela garantia dos poderes constitucionais e pela manutenção da lei e da ordem.

O Exército Brasileiro tem uma longa história de participação em conflitos internos e externos, desde o período colonial até os dias atuais. Alguns exemplos são:

  • A Guerra dos Emboabas (1707-1709), entre paulistas e forasteiros pelo controle das minas de ouro em Minas Gerais;
  • A Guerra dos Mascates (1710-1711), entre senhores de engenho e comerciantes portugueses pelo domínio político-econômico de Pernambuco;
  • A Inconfidência Mineira (1789), movimento separatista inspirado pela Revolução Francesa que pretendia proclamar uma república em Minas Gerais;
  • A Conjuração Baiana (1798), revolta popular que reivindicava igualdade social e liberdade política na Bahia;
  • A Guerra da Independência (1822-1824), conflito armado entre as províncias brasileiras leais ao imperador Pedro I e as tropas portuguesas fiéis à Coroa;
  • A Guerra do Paraguai (1864-1870), maior guerra já travada na América do Sul, envolvendo Brasil, Argentina e Uruguai contra o Paraguai;
  • A Proclamação da República (1889), golpe militar liderado pelo marechal Deodoro da Fonseca que derrubou a monarquia no Brasil;
  • A Revolta da Vacina (1904), manifestação popular contra a campanha sanitária imposta pelo governo federal no Rio de Janeiro;
  • A Revolução Constitucionalista (1932), movimento armado liderado por São Paulo contra o governo provisório de Getúlio Vargas;
  • A Segunda Guerra Mundial (1939-1945), conflito global em que o Brasil enviou cerca de 25 mil soldados para combater ao lado dos Aliados na Europa;
  • O Regime Militar (1964), intervenção das forças armadas que depôs o presidente João Goulart e instaurou uma ditadura civil-militar no Brasil por 21 anos;
  • A Missão das Nações Unidas para Estabilização no Haiti (2004-2017), operação de paz liderada pelo Brasil para restaurar a segurança e a democracia no país caribenho.

Para encerrar este artigo sobre o dia do Exército brasileiro, vale ressaltar a importância histórica e atual dessa instituição para a defesa da soberania nacional e a manutenção da ordem e da paz. O Exército brasileiro é herdeiro das lutas pela independência e pela integração do território nacional, tendo participado de diversos conflitos internos e externos ao longo dos séculos. O dia 19 de abril é uma data simbólica que remete à primeira manifestação de união das diferentes etnias que formam o povo brasileiro, na Batalha dos Guararapes, contra o domínio holandês no Nordeste . Hoje, o Exército brasileiro continua cumprindo sua missão constitucional de garantir a lei e a ordem, além de colaborar com ações humanitárias, sociais e ambientais em todo o país.