Goiás Se Destaca com Redução Expressiva e Supera Média Nacional em Segurança, Revela o Atlas da Violência

Goiás Se Destaca com Redução Expressiva e Supera Média Nacional em Segurança, Revela o Atlas da Violência
Foto: PMGO

Goiás destacou-se como um dos estados que mais reduziram a taxa de homicídios no período de 2020 a 2021, apresentando uma queda significativa de 18%, enquanto a média nacional registrou uma redução de 4,8%. Esses dados provêm do Atlas da Violência, divulgado recentemente pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em 5 de dezembro.

Em uma análise mais ampla, comparando com o ano de 2018, a diminuição dos homicídios em Goiás é ainda mais expressiva, alcançando 35%. O número total de homicídios também acompanhou essa tendência de redução, apresentando uma queda de 16,8%, passando de 2.177 casos em 2020 para 1.812 em 2021. O estado do Acre liderou com uma queda de 33%, seguido por Sergipe, com uma redução de 20,3%.

Contudo, alguns estados da região Norte do país, como Amazonas, Amapá e Rondônia, enfrentaram os maiores aumentos percentuais, destacando desafios significativos em termos de segurança pública nessa região. O estudo ressalta que poucos estados conseguiram manter consistentemente a redução dos índices de violência.

O documento destaca a notável e persistente diminuição das taxas de letalidade em seis unidades federativas, incluindo Goiás, desde o início da série histórica: Alagoas, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Paraíba e São Paulo.

O governador Ronaldo Caiado enfatiza que os investimentos prioritários em segurança pública no estado estão gerando resultados positivos, destacando a integração das forças policiais, o uso de tecnologia e a formação de policiais preparados para enfrentar os desafios do cenário criminal.

No que diz respeito aos homicídios por arma de fogo, Goiás se destaca como o segundo estado brasileiro com a maior redução, registrando uma diminuição de 27% em 2021, em comparação com o ano anterior. Desde 2018, a redução desses crimes no estado é notável, alcançando 48%, enquanto a média nacional foi de apenas 2%.

A análise por faixa etária revela uma queda de 24,9% na taxa de homicídios de jovens (15 a 29 anos) entre 2020 e 2021, ficando atrás apenas do Rio Grande do Norte e Acre. Notavelmente, as crianças e adolescentes entre 5 e 14 anos experimentaram uma redução significativa de 43,8%, superando a média nacional de 12,9%.

Goiás também se destaca no Atlas da Violência pelo expressivo declínio nos homicídios de pessoas negras, com uma redução de 17%, enquanto o país apresentou uma queda mais modesta de 3,5%. Considerando a taxa de homicídios proporcional à população, a queda em Goiás é ainda mais acentuada, alcançando 20,9%, em comparação com a média nacional de 3,9%. Esses resultados reforçam a eficácia das iniciativas voltadas para a segurança pública no estado.

Fonte: Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás