Associações de Segurança Pública unem forças em Brasília para aprovação da Lei Orgânica Nacional

Associações de Segurança Pública unem forças em Brasília para aprovação da Lei Orgânica Nacional
Foto: Senado Federal

Na data de hoje (07/11) os presidentes e diretores de associações e entidades de segurança pública de todo o país se reuniram na sede da Federação Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais (FENEME), em Brasília, em busca do apoio unificado para a aprovação em plenário do Senado do Projeto de Lei Orgânica Nacional das Polícias Militares e Bombeiros Militares (PL 3045/22). O evento contou com a presença do deputado federal por São Paulo, Capitão Augusto.

A iniciativa visa fortalecer a segurança pública no Brasil, modernizando a lei que rege as atividades das Polícias Militares e dos Bombeiros Militares, substituindo o decreto 667 de 1969, que está em vigor há mais de 50 anos.

O presidente da Associação dos Oficiais da Polícia e do Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (ASSOF), em uma breve descrição do evento, destacou que o encontro na sede da FENEME em Brasília foi fundamental para alinhar as tratativas relacionadas à votação da Lei Orgânica, que estava prevista para ocorrer ainda no mesmo dia no Senado Federal.

Durante o evento, o deputado Capitão Augusto dirigiu-se especialmente aos policiais militares e bombeiros militares de Goiás, além dos veteranos, para informar sobre os esforços finais para a votação da tão sonhada Lei Orgânica. Ele ressaltou a importância dessa modernização, que visa atualizar o estatuto, a lei orgânica e o regimento das corporações, adaptando-os aos desafios atuais enfrentados pelos profissionais da segurança pública.

“Estamos aqui finalizando os últimos detalhes, chegamos a um acordo e a um consenso. Agora é hora de trabalhar juntos para votar essa tão sonhada Lei Orgânica, que será aprovada hoje no Senado”, enfatizou o deputado Capitão Augusto.

Essa reunião histórica reflete o compromisso das associações e entidades de segurança pública em fortalecer e modernizar as instituições que desempenham um papel fundamental na segurança e no bem-estar da sociedade brasileira. A aprovação da Lei Orgânica Nacional representa um passo significativo nesse sentido, e a expectativa é de que ela traga benefícios duradouros para os profissionais e para a população em geral.

Fonte: ASSOF-GO