Qual o significado da gíria militar Bizú?

Qual o significado da gíria militar bizú?

Você já ouviu falar da gíria militar bizu? Se você é um civil, provavelmente não sabe o que significa essa palavra, mas se você é um militar ou tem algum contato com esse meio, certamente já usou ou escutou alguém usar esse termo. Mas afinal, o que significa bizu e qual a sua origem? Nesta postagem no blog, vamos explicar tudo sobre essa curiosa expressão.

Bizu é uma palavra que significa “dica”, “conselho” ou “ajuda” na gíria militar. Por exemplo, se um soldado quer saber como se comportar diante de um superior, ele pode pedir um bizu para um colega mais experiente. Ou se um recruta quer saber como passar em uma prova ou em um teste físico, ele pode procurar por um bizu que facilite a sua vida.

Mas de onde vem essa palavra? Segundo algumas fontes , a origem de bizu está relacionada com a vinda da família real portuguesa para o Brasil em 1808. Na época, vieram também diversos professores de Coimbra (Portugal) que foram colocados na Real Academia Militar. Esses professores usavam uma expressão latina muito comum na academia: “bis in idem”, que significa “duas vezes a mesma coisa”.

Essa expressão era usada para indicar que algo era muito fácil ou óbvio, pois bastava repetir o que já tinha sido feito ou dito. Por exemplo, se um aluno perguntasse como resolver um problema matemático simples, o professor poderia responder: “bis in idem”, ou seja, faça duas vezes o mesmo cálculo.

Com o tempo, os alunos brasileiros começaram a abreviar essa expressão para “bis”, e depois para “biz”. Assim, biz passou a significar algo fácil ou simples de fazer. Mais tarde, essa palavra foi incorporada à gíria militar com o sentido de dica ou macete que facilita alguma tarefa.

Hoje em dia, bizu é uma palavra muito usada pelos militares brasileiros de todas as forças armadas e também por alguns civis que convivem com esse meio. Bizu é uma forma de compartilhar conhecimento e experiência entre os colegas de farda e também de demonstrar camaradagem e solidariedade.

E você, já conhecia essa gíria? Já usou ou recebeu algum bizu na sua vida?